Egito Antigo

Mistérios Antigos

Os antigos habitantes da Terra

Voltar
aos Apócrifos

A Biblioteca de Nag Hammadi

Segundo Apocalipse de Tiago


Tradução por: http://misteriosantigos.50webs.com

Esta é uma declaração que Tiago o Justo fez em Jerusalém e que Mareim, um dos padres, escreveu. Tiago comunicou isto a Tadeu (Addai), o irmão dele, já que Tadeu era parente dele. Tiago disse para Mareim o padre: "Se apresse e traga Mariam, sua esposa, e seus parentes próximos, para que eles ouçam isto, e para que eles possam perguntar a Tadeu; ele irá entender tudo e explicar a você."

Tiago o Justo sempre falava enquanto a multidão estava sentada. Agora ele entrou e não sentou no lugar que era de seu costume. Desta vez ele sentou acima da quinta sequência de degraus, o lugar grandemente estimado, enquanto todas as nossas pessoas escutavam atentamente as palavras dele.

Tiago disse, "Vocês todos me conhecem. Eu recebi minha revelação do Pleroma de Imperecibilidade. Eu fui primeiramente convocado pelo grandioso que obedecia a Aquele-Que-É: Aquele que passou através dos céus e entrou no mundo; que se despiu e caminhou nu; que foi visto num corpo perecível – embora ele estava prestes a ser erguido para a imperecibilidade. Este Mestre Presente apareceu como um filho que procura, e como um irmão que era procurado. Ele irá retornar para Aquele que o 'gerou', pois nele ele é unido e libertado, assim como ele veio para unir aqueles que o encontraram.

"Agora novamente eu sou rico em sabedoria, tendo ganhado, daquele que vem de cima, discernimento único sobre aquilo que está acima. Eu sou o vaso daquele quem eu conheci, o recipiente para o que me foi revelado e escondido de todos os outros; aquilo que será revelado através dele em hora e lugar apropriados. Tais coisas que eu vejo já foram proclamadas através destas declarações: que ele será julgado com o injusto, e aquele que viveu sem blasfêmia morre pela blasfêmia. Aquele que é expulso da vida temporária é lançado para dentro da vida que é imperecível.

"O que eu lhes digo agora na carne veio daquele que era carne; mas a sabedoria das coisas espirituais deve vir do espírito. A carne de Yeshua me disse, 'Embora eu certamente esteja morrendo, no centro da vida é que eu serei encontrado. Eu entrei nesta era para que eles possam julgar os meus trabalhos. Eu virei novamente em uma outra era para julgar os trabalhos deles. Eu não culpo os escravos; eu me apresso para libertá-los! Eu quero levá-los acima daquele governa sobre eles. Se eu ajudá-los deste modo, escravos começarão a governar a si próprios.

" 'Eu sou o irmão secreto que rezou para o Pai até que o Pai decidisse profetizar a ordem de imperecibilidade pelo filho primogênito – e então para todos os irmãos.

" 'Eu sou o filho primogênito que irá destruir o domínio deles todos (os arcontes).
Eu sou O Amado.
Eu sou O Justo.
Eu sou o Filho do Pai.
Eu falo assim como eu ouvi.
Eu ordeno assim como eu recebi a ordem.
Eu te mostro assim como me foi mostrado.

" 'Veja, eu falo para que eu possa vir adiante (sair do mundo). Preste atenção em mim para que você possa me ver! Se eu surgi então quem sou eu? Eu não vim como eu sou, nem eu teria aparecido como eu sou. Pois eu uma vez existi por um breve período de tempo, mas agora eu vivo eternamente.' "

(Tiago fala novamente:) "Uma vez enquanto eu estava meditando, aquele que vocês odiaram e perseguiram abriu o portão, entrou, e veio até mim. Ele me disse, 'Saudações, meu irmão; meu irmão, saudações!' Ao que eu ergui meus olhos para observá-lo, minha mãe me disse, 'Não se assuste, meu filho, por ele tê-lo chamado "meu irmão"; pois vocês dois foram preenchidos com este mesmo leite. Por causa disto, ele me chama "minha mãe." Ele não é um estranho para nós. Ele é nosso irmão.' "

"Então ele me disse estas palavras,

'Eu tenho muitos outros irmãos perdidos. Mas eu irei encontrar todos eles e eles virão adiante. Ainda eu sou o desconhecido; e eles não têm conhecimento ou consciência de mim, pois eles me conhecem apenas nesta carne. Mas era adequado que outros possam me conhecer através de você.

'Você é aquele para o qual eu digo: Ouça e compreenda – pois a multidão, quando eles ouvirem, será obtusa. Mas você, (por outro lado) será capaz de entender tão bem quanto eu sou capaz de explicar a você.

'O seu pai não é o meu pai. Mas o meu pai se tornou um pai para você.

{'Este virgem do qual você ouve falar – ou seja, o virgem [...]. }

'Pois as palavras deste Pai foram vantajosas para mim, pois eu o escutei; e o que eu te digo será igualmente vantajoso a você. Seu Pai, que você nota ser rico, concederá que você herde tudo isto que você vê! Tão vantajosas serão estas palavras que eu proclamo a você que você simplesmente deve abrir seus ouvidos para ouvir e entender, então andar de acordo! É por causa de você que eles passam, ativado por Aquele que é radiante.

'Outros irão cobiçar esta herança gloriosa e, se eles quiserem, causarão uma perturbação para tomar posse. Pois esta sabedoria é cobiçada por um criador inferior, e a civilização que ele criou ainda não terminou. Não é nem para aqueles que estão descendo, enviados por ele para criar esta aparência de realidade atual. No entanto após isto ser reconhecido, quando o criador inferior for humilhado, ele se perturbará, pois o trabalho dele, que está longe dos aeons, é de fato nada. E a herança dele, que ele ostenta ser grande, será na verdade pequena. Os presentes dele não são bênçãos. As promessas dele são tramas malignas. Pois vocês não são o instrumento da compaixão dele, mas é através de vocês que ele pratica violência.

'Ele quer agir injustamente com todos nós, e ele continuará a exercer domínio pelo tempo conferido a ele. 'Mas entenda e conheça o Pai que é compassivo. Ele não deu ao Filho uma herança que é limitada, nem o filho tem um número de dias limitado, mas é um dia eterno por Ele. Nós não podemos dizer que o filho veio dos decaídos somente porque ele é desprezado. Pelo contrário, ele (o arconte) se gaba menosprezando para que eles não possam contrariá-lo. Isto o torna superior àqueles abaixo dele, ou seja, aqueles que estão acima de vocês e olham para baixo sobre vocês. Após ele aprisionar aqueles que pertencem ao Pai, ele os capturou e modelou para parecerem com ele mesmo. E é com ele que agora eles existem.

'Eu vi das alturas quais eventos aconteceram, e eu expliquei como eles aconteceram. Estes decaídos ficaram cientes de mim quando eles estavam sob outra forma, e, enquanto eu os observava, eles vieram a me conhecer como eu sou, através daqueles que eu conheço. Agora, após outros certos eventos acontecerem, eles tentarão fazer um pacto contra vocês, para acabar com vocês!

'Eu sei como eles tentaram descer sobre este lugar para que ele possa se aproximar das crianças pequenas, no entanto eu quero me revelar através de você, mesmo o Espírito de Poder, para que o Pai possa revelar quais destas crianças pequenas pertencem à você.

'Aqueles que buscam andar no caminho que está diante do Portão e desejam então entrar, podem abrir o Portão bom através de você. E ao seguirem você eles podem entrar, e você pode conduzí-los para dentro e dar a recompensa a cada um que está pronto para isto.

'Pois você não é um redentor, nem um ajudante de estranhos:
Mas você é um iluminador e redentor daqueles que são meus,
e agora, daqueles que são seus.
Você me revelará para eles;
você trará bem para eles todos.
Você eles admirarão por causa de cada trabalho poderoso.
Você é aquele a quem os aeons abençoam.
Você ele irá invejar, aquele que se intitula seu superior.

‘Eu sou o Portão de Entrada para aqueles que você instruiu sobre estes caminhos.
Por causa de você, a eles será dito tudo e eles virão repousar.
Por causa de você, eles reinarão e se tornarão reis.
Por causa de você, eles terão piedade de quem quer que eles tenham piedade.
Pois assim como você foi o primeiro a se vestir,
você também é o primeiro que irá se despir 1 (da carne),
e você se tornará como você era antes de você ser despido.'

"Então ele beijou a minha boca. Ele me segurou, dizendo: 'Meu amado! Veja! Eu te mostrarei aquelas coisas que nem os céus nem os arcontes deles jamais souberam. Veja! Eu te mostrarei aquelas coisas que ele não sabia, aquele que se gabava dizendo "não há outro além de mim." '

" 'Eu não estou vivo? Porque eu sou um pai, eu não tenho poder de fazer tudo? Veja! Eu irei te mostrar tudo, meu amado. Veja e saiba que eu revelo estas coisas para que você possa vir adiante assim como EU SOU. Veja! Eu irei até te mostrar O Escondido. Agora estique a sua mão! Segure-me!' "

"Então eu estiquei as minhas mãos e eu não o encontrei como eu pensei. Então eu ouvi ele dizendo,

'Veja-me! Segure-me!'

"Então eu entendi, e eu fiquei com medo. E eu estava extremamente alegre!

"Então agora eu lhes digo, juízes: vocês foram julgados. Vocês não pouparam, mas vocês foram poupados. Estejam sóbrios e ouçam o que vocês não se interessaram em aprender.

"Ele era aquele a quem o (regente) que criou o céu e a terra, e habitou neles, não viu.
Ele era o Único. Ele é a Vida.
Ele é a Luz.
Ele é Aquele que virá.
Ele dará um fim para o que começou
e um começo para o que está para terminar.
Ele é o Espírito Sagrado – O Invisível.
Ele não caiu sobre a terra.
Ele é o virgem. Ele controla o que ele quer que aconteça a ele.
Eu vi que ele estava nu, e não havia vestimentas nele.
Mas isso é o que Ele quer, e o que Ele quer acontece.

"Então você que me escuta agora, abandone este caminho difícil e errático, e ande preferivelmente de acordo com Aquele que quer que você seja livre! Ande conosco e passe acima de todo domínio e poder. Ele não irá julgá-lo pelo que você cometeu no passado, mas Ele terá misericórdia de você. Pois não foi você quem fez o mal, mas o seu mestre interno inferior. Ele não será furioso, mas um Pai gentil. Se você culpar os outros, você permanecerá nas limitações deles. Se vocês continuarem a se oprimir, muito embora vocês tenham se arrependido, vocês não lucrarão de modo algum. Veja Aquele-que-fala – e procure Aquele-que-está em silêncio. Conheça Aquele que veio para este lugar, e conheça melhor Aquele que partiu deste lugar.

"Eu sou O Justo (haZaddiq) mas eu não julgo. Eu não sou um mestre, portanto, mas eu sou um ajudante.

"Pois mesmo quando ele foi expulso diante de vocês, ele esticou as mãos dele para absolvê-los!

"Eu estou silencioso, no entanto ele me permite ouvir. Então vão agora e toquem suas trombetas, flautas, e harpas na minha casa; pois o Mestre os livrou do jugo desses arcontes que fecharam seus ouvidos para o som da minha palavra. Vocês irão prestar atenção dentro de seus corações, e vocês me chamarão – O Justo.

"Então eu estou dizendo a vocês agora: Eu dei a vocês o seu templo, que vocês dizem que Eloim fez – este templo pelo qual ele lhes prometeu uma herança. No entanto eu irei condenar este templo, e o escárnio daqueles que estão na ignorância deles, à destruição. Sim, aqueles que julgam em ignorância deliberada serão julgados em justiça deliberada.

»«

Ao fim destas declarações, Mareim o padre voltou a si e disse, "Ao ouvirem estas declarações, os governantes e a multidão ficaram muito perturbados pelo resto do dia, mas eles demonstraram que eles não haviam sido persuadidos de modo algum.

"Então Tiago o Justo se levantou de seu acento mais alto nas escadas do templo e prosseguiu discursando deste modo daquele momento em diante. Mais tarde naquele mesmo dia ele entrou de novo no templo e lecionou por horas. Eu estava lá com os outros padres e não revelei nada sobre a nossa amizade, já que todos eles começaram a dizer com uma só voz, 'Venham! Vamos apedrejar O Justo.' Eles todos se levantaram, dizendo, 'Sim, vamos matar este homem para que ele possa ser removido do nosso meio. Ele nunca terá utilidade para nós!'

"Eles o encontraram no parapeito do templo, perto dos pilares, bem ao lado da imponente pedra angular. Então eles decidiram jogá-lo da altura, e eles o jogaram. Eles zombaram dele e eles cuspiram nele. Eles o pegaram e bateram nele enquanto arrastavam-no pelo chão. Eles o estenderam no chão, e colocaram uma pedra no peito dele. Eles todos puseram os pés deles na pedra, dizendo, 'Você errou!' "De novo, eles o ergueram, já que ele estava vivo, e fizeram ele cavar um buraco. Eles o fizeram entrar no buraco. Após cobrí-lo até a cintura, eles o apedrejaram. E ele estendeu os braços, mas ele não rezou como as tradições deles sobre ele dizem. Ele, ao contrário, rezou estas palavras:

" 'Meu Deus, meu Pai –
Você que me salvou desta esperança morta,
que me tornou vivo através de um mistério da Tua vontade,
não deixe os dias deste mundo se prolongarem para mim,
mas permita que o dia da Tua luz amanheça e permaneça
como o meu resgate!
Liberte-me desta jornada cruel!
Não deixe que o teu benefício para comigo se protele,
mas deixe o Teu benefício purificar!
Salve-me de uma morte perversa!
Tire-me vivo da tumba,
pois o teu amor preferencial está vivo em mim
para realizar um trabalho consumado!
Salve-me da carne pecadora,
porque eu confiei em Ti com toda a minha força!
Você é a vida da vida;
liberte-me deste inimigo humilhante!
Não me conduza para a mão de um juiz
que é severo contra o pecado!
Perdoe todas as minhas dívidas de todos os dias da minha vida!
Porque eu estou vivo em Ti, Teu benefício está vivo em mim.
Embora eu tenha renunciado a todos, Você eu confessei.
Salve-me da aflição perversa!
Agora é o momento e a hora!
Ó Espírito Sagrado, envie Yahshuati,
e a luz do semblante Dele,
e a luz do rosto Dele
no poder da honradez Dele.'

"Após ele ter falado assim ele caiu silencioso."

"Esta é a declaração de Tiago o Justo que eu, Mareim o padre, escrevi."



1. Despir-se da carne, Evangelho de Tomé – 37. Os discípulos dele disseram, "Quando você aparecerá para nós, e quando nós o veremos?" Jesus disse, "Quando vocês se despirem sem ficar envergonhados, e vocês tirarem suas roupas e as puserem debaixo de seus pés como criancinhas e então pisarem, aí vocês verão o filho do vivente e vocês não terão medo."


Revisado em 25/04/2009