Egito Antigo

Mistérios Antigos

Os antigos habitantes da Terra

Voltar
aos Apócrifos

A Biblioteca de Nag Hammadi

Apocalipse de Adão


Tradução por: http://misteriosantigos.50webs.com

A revelação que Adão passou para seu filho Seth no ano setecentos, dizendo:

Escute minhas palavras, meu filho Seth. Quando deus havia me criado através da terra, junto com Eva, sua mãe, eu caminhava com ela numa glória a qual ela havia visto no Aeon grandioso do qual ela tinha vindo. Ela me ensinou sobre a sabedoria do Deus Eterno. E nós parecíamos os grandes anjos eternos, pois éramos mais elevados do que o deus que havia nos criado e os poderes junto dele, os quais nós não conhecíamos.

Esse deus, o regente dos céus do Caos e seus poderes, nos dividiu com fúria. Então nós nos tornamos duas criaturas mortais. E a glória em nossos corações nos deixou, a mim e à sua mãe Eva, junto com o primeiro pensamento que viveu dentro de nós. E a glória fugiu de nós e entrou em um outro grande reino. Não este para o qual nós viemos, eu e sua mãe Eva. Mas a sabedoria entrou na semente dos grandes seres eternos. Por este motivo eu te dei o nome 1 daquele homem que é a semente da grande geração (raça), ou de quem ela vem. Depois daqueles dias, a sabedoria eterna do Deus da Verdade se afastou de mim e de sua mãe Eva. Desde então nós aprendemos sobre coisas vãs, como homens mortais. Aí nós nos rendemos ao deus que havia nos criado. Porque nós não éramos estranhos aos poderes dele. E nós o servimos por medo e submissão. E após estas coisas, nossos corações se escureceram.

Agora eu dormi no pensamento do meu coração. E eu vi três homens diante de mim cuja aparência eu não fui capaz de reconhecer, já que eles não eram dos poderes do deus que havia nos criado. Eles o superavam em glória e sabedoria. E eles me disseram, "Levante, Adão, do sono da morte, e ouça sobre o Aeon Eterno e a semente daquele homem para o qual a vida veio, aquele que veio de ti e de Eva, sua esposa."

Quando eu ouvi estas palavras dos homens grandiosos que estavam diante de mim, então nós suspiramos, eu e Eva, em nossos corações. E o regente, o deus que havia nos criado, ficou diante de nós. Ele nos disse, "Adão, por que vocês dois estavam suspirando em seus corações? Vocês não sabem que eu sou o deus que os criou? E eu soprei dentro de vocês um espírito de vida como uma alma viva." Então a escuridão encobriu nossos olhos.

Então o deus que nos criou capturou Eva, sua mãe, e gerou um filho nela. Antes eu tinha um sentimento doce por sua mãe, porque em meu coração eu mantinha um pensamento puro por ela. Mas então o vigor de nossa sabedoria eterna foi destruído em nós, e a fraqueza nos perseguiu. Por isso os dias de nossas vidas se tornaram poucos. Pois eu soube que eu estava sob a autoridade da morte.

Agora então, meu filho Seth, eu irei te revelar as coisas que aqueles homens que eu vi diante de mim primeiramente me disseram: após eu ter completado os tempos desta geração e os anos da geração terem sido cumpridos, então [...] escravo [...]. (p.68 em branco) 2.

Pois de Saclas, o regente chefe, serão despejados banhos de chuva, para que ele possa destruir toda carne da terra a respeito das coisas que ele almeja, junto com aqueles da semente dos homens para os quais se transmitiu a vida da sabedoria que veio de mim e de Eva, sua mãe. Porque eles eram estranhos a ele. Posteriormente, virão grandes anjos em nuvens altas, que levarão aqueles homens para o lugar onde o espírito da vida habita [...] glória [...] lá, [...] vem do oitavo céu para a terra. E toda a multidão de carne será abandonada nas águas. Então ele descansará de sua fúria.

Então Sabaoth, que é chamado Senhor das Forças, lançará seu poder nas águas, e ele dará poder aos filhos dele e à humanidade por meio da arca, junto com os animais, quaisquer que ele desejar, e os anjos do céu, os quais ele chamou e trouxe para a terra 3. E ele irá dizer para Noé - a quem as gerações chamarão de 'Deucalião' - "Veja, eu te protegi na arca, junto com sua esposa e os meus filhos e as esposas deles e os animais deles e os anjos do céu, os quais eu convoquei e trouxe para a terra. Portanto, eu darei a terra para vocês - seus filhos e os meus filhos. Vocês irão governar como reis - seus filhos e os meus filhos. E nenhuma semente existirá entre vocês dos homens que não ficarão em minha presença em outra glória 4." Então eles se tornarão como a nuvem da luz grandiosa.

Aqueles homens virão, que foram enviados da sabedoria dos grandes aeons e dos anjos eternos. Eles ficarão diante de Noé e dos filhos do Senhor das Forças. E o Senhor das Forças dirá para Noé, "Por que você se desviou do que eu te falei? Você criou uma outra geração para que você pudesse zombar do meu poder." Então Noé dirá, "Eu declaro diante de seu poder que a geração destes homens não veio de mim nem dos meus filhos. [...] sabedoria.

Então ele (O Grande Seth) irá [...] aqueles homens, e os levará para a terra própria deles, e construirá para eles uma habitação sagrada. E eles serão chamados por aquele nome (raça inalterável), e habitarão lá por seiscentos anos numa sabedoria de incorruptibilidade. Os anjos da Luz grandiosa irão morar com eles. Nenhuma obra vergonhosa irá habitar nos corações deles, mas apenas a sabedoria de Deus.

Então Noé dividirá a terra inteira entre seus filhos, Cam e Jafé e Sem. Ele dirá para eles, "Meus filhos, ouçam minhas palavras. Vejam, eu dividi a terra entre vocês. Mas o sirvam por medo e submissão todos os dias de suas vidas. Não deixem que sua semente se desvie da face de Sabaoth o todo poderoso 5. [...] eu e sua [...] filho de Noé, "Minha semente será agradável para você e para o seu poder. Lacre-a com tua mão forte, com medo e mandamento, para que a semente inteira que veio de mim não se desvie de vocês e de Sabaoth o todo poderoso, mas irá servir em humildade e medo de sua sabedoria."

Então outros da semente de Cam e Jafé virão, quatrocentos mil homens, e entrarão em outro solo, e farão estadia com aqueles homens que vieram da grandiosa sabedoria eterna 6. Porque a sombra do poder deles protegerá de todo o mal e desejo impuro aqueles que estiveram com eles. Então a semente restante de Cam e Jafé formará doze reinos, e eles serão assimilados também aos povos de outros reinos.

Então os regentes irão deliberar a respeito dos homens gloriosos que haviam descido ao mundo mortal, oriundos dos aeons grandiosos de incorruptibilidade. E eles irão até Sabaoth, o deus deles. Eles adentrarão os poderes, acusando os homens grandiosos que estão em suas glórias.

Eles dirão para Sabaoth, "Qual é o poder destes homens que permaneceram na sua presença, que acolheram parte da semente de Cam e Jafé, totalizando quatrocentos <mil> homens? Eles foram recebidos dentro de um aeon diferente do qual eles vieram, e eles destruíram toda a glória do seu poder e o domínio da sua mão. Pois a nossa semente, através dos nossos filhos, cumpriu totalmente a sua vontade, igualmente a todos os poderes nos aeons sobre os quais a sua força governa, enquanto tanto aqueles homens e os que fazem estadia na glória deles não fizeram a sua vontade. Mas eles desviaram a sua multidão inteira."

Então o Deus dos Aeons Eternos os dará também (alguns) daqueles iluminadores que o servem. Eles chegarão àquela terra onde estarão os homens grandiosos que não foram corrompidos, nem serão corrompidos, por qualquer desejo. Porque a alma deles não veio de uma mão suja, mas veio de um comando grandioso de um anjo eterno. Mas a ira dos regentes não poderá ser contida, e sobre aqueles homens serão lançados fogo, enxofre, e asfalto, e aqueles aeons serão encobertos por fogo e névoa ofuscante, e os olhos dos poderes luminares se escurecerão, e os aeons não os verão naqueles dias. E descerão nuvens grandiosas de luz, e outras nuvens de luz descerão até eles, vindas dos aeons grandiosos.

Abrasax e Sablo e Gamaliel descerão e levarão aqueles homens para fora do fogo e da fúria, e levarão eles acima dos céus dos regentes e dos poderes, e os levarão embora [...] de vida [...] e os levarão [...] aeons [...] morada dos grandes [...] lá, com os anjos sagrados e os imortais. Os homens serão como aqueles anjos, pois eles não são estranhos a eles. Mas eles trabalham na semente incorruptível.

Mais uma vez, pela terceira vez 7, o iluminador de sabedoria passará em glória grandiosa, trazendo esperança para a semente de Sabaoth 8 e os descendentes de Cam e Jafé - para deixar árvores frutíferas para si próprio. E ele redimirá as almas deles do dia da morte. Porque toda a criação que veio da terra morta estará sob a autoridade da morte. Mas aqueles que refletirem sobre a sabedoria do Deus Eterno em seus corações não perecerão. Pois eles não receberam o espírito deles deste reino apenas, mas eles o receberam de um [...] anjo eterno. [...] iluminador [...] virá até [...] que está morto [...] de Seth. E ele realizará sinais e maravilhas para zombar dos poderes e do regente deles.

Então o deus do mundo 9 ficará perturbado, dizendo, "Qual é o poder deste homem que é mais elevado do que nós?" Então ele irá provocar uma grande fúria contra aquele homem. E a glória irá se afastar e morar em casas sagradas que ela escolheu para si. E os poderes não a verão com os olhos deles, tampouco verão o iluminador. Então eles irão punir a carne do homem ao qual veio o espírito sagrado.

Então os anjos deles e todas as gerações dos homens mortais falarão sobre ele de forma equivocada, perguntando "De onde ele veio?" ou "De onde surgiram os ensinamentos hereges, os quais todos os poderes falharam em descobrir?"

Agora o primeiro reino fala dele que ele veio de [...]. Um espírito [...] para o céu. Ele foi nutrido nos céus. Ele recebeu a glória de lá e o poder. Ele veio ao seio da mãe dele. E deste modo ele veio para a água.

E o segundo reino fala sobre ele que ele veio de um grande profeta. E um pássaro veio, tomou a criança que havia nascido, e o levou para uma montanha alta. E ele foi nutrido pelo pássaro do céu. Um anjo apareceu lá. Ele lhe disse "Levante! Deus te deu glória." Ele recebeu glória e força. E deste modo ele veio para a água.

O terceiro reino fala dele que ele veio de um útero virgem. Ele foi expulso da cidade dele, ele e a mãe dele. Ele foi trazido para um lugar deserto. Ele foi nutrido lá. Ele veio e recebeu glória e força. E deste modo ele veio para a água 10.

O quarto reino fala dele que ele veio de uma virgem. [...] Salomão a procurou, ele e Fersalo e Sauel e seus exércitos que haviam sido enviados. Salomão pessoalmente enviou o exército dele de demônios para procurar a virgem. E eles não encontraram a virgem que eles procuravam, mas sim a virgem que lhes foi entregue. Foi ela a quem eles renderam. Salomão a tomou. A virgem engravidou e deu à luz uma criança lá. Ela o nutriu numa margem do deserto. Quando ele estava nutrido, ele recebeu glória e poder da semente da qual ele havia sido gerado. E deste modo ele veio para a água.

E o quinto reino fala dele que ele veio de uma gota do céu. Ele foi atirado ao mar. O abismo o recebeu, deu luz a ele, e o levou para o céu. Ele recebeu glória e poder. E deste modo ele veio para a água.

E o sexto reino diz que [...] desceu para o céu que está abaixo para colher flores. Ela engravidou pelo desejo das flores. Ela o deu à luz naquele lugar. Os anjos do jardim florido o nutriram. Ele recebeu glória lá, e poder. E deste modo ele veio para a água.

E o sétimo reino diz dele que ele é uma gota. Ela veio do céu para a terra. Os dragões o levaram para cavernas subterrâneas. Ele se tornou uma criança. Um espírito desceu nele e o levou para o alto, para o lugar de onde a gota tinha vindo. Ele recebeu glória e poder lá. E deste modo ele veio para a água.

E o oitavo reino diz dele que uma nuvem desceu à terra e embrulhou uma pedra. Ele veio dela. Os anjos que estavam acima da nuvem o nutriram. Ele recebeu glória e poder lá. E deste modo ele veio para a água.

E o nono reino diz dele que, das dez Musas, uma se separou 11. Ela veio até uma montanha alta e passou um tempo lá sentada, então ela desejou ficar só para se tornar andrógina. Ela realizou seu desejo e engravidou do desejo dela. Ele nasceu. Os anjos que estavam sobre o desejo o nutriram. E lá ele recebeu glória e poder. E deste modo ele veio para a água.

O décimo reino diz dele que o deus dele amava uma nuvem de desejo. Ele o gerou em sua mão e jogou algumas das gotas na nuvem acima dele, e ele nasceu. Ele recebeu glória e poder lá. E deste modo ele veio para a água.

E o décimo primeiro reino diz que o pai desejava sua própria filha. Ela mesma ficou grávida do pai dela. Ela lançou o filho dela [...] túmulo no deserto. O anjo nutriu ele lá. E deste modo ele veio para a água.

O décimo segundo reino diz dele que ele veio de dois iluminadores. Ele foi nutrido lá. Ele recebeu glória e poder. E deste modo ele veio para a água.

E o décimo terceiro reino diz dele que cada nascimento do regente deles é uma palavra. E esta palavra recebeu um mandato lá. Ele recebeu glória e poder. E deste modo ele veio para a água, para que a vontade daqueles poderes pudesse ser satisfeita.

Mas a geração sem um rei sobre ela diz que Deus o escolheu dentre todos os Aeons Eternos. Ele fez a sabedoria da verdade imaculada surgir nele. Ele disse, "De um universo exterior, de um enorme Aeon Eterno, veio o grande iluminador. E ele fez brilhar a geração daqueles homens os quais ele escolheu para si, para que eles pudessem brilhar sobre o aeon inteiro."

Então a semente e todos aqueles que receberão os nomes deles na água irão lutar contra o poder. E uma nuvem de escuridão encobrirá eles.

Então as pessoas irão exclamar com uma grande voz, dizendo, "Abençoada é a alma daqueles homens porque eles conheceram Deus com uma sabedoria da verdade! Eles viverão para sempre, junto com os anjos eternos, porque eles não foram corrompidos por seus desejos, tampouco eles cumpriram os trabalhos dos poderes, mas eles permaneceram na presença dele numa sabedoria de Deus como luz que partiu do fogo e do sangue.
Mas nós de maneira insensata fizemos cada ação dos poderes. Nós nos gabamos na transgressão de todos os nossos trabalhos. Nós clamamos contra o Deus da verdade por causa dos trabalhos dele [...] é eterno. Estes atos vão contra os nossos espíritos. Agora nós soubemos que nossas almas morrerão a morte."

Então uma voz veio a eles. Micheu e Michar e Mnesinous, que estão sobre o batismo sagrado e a água viva, disseram: "Por que vocês estavam clamando contra o Deus vivo com vozes sem lei e línguas sem lei sobre elas, e almas cheias de sangue e ações imorais? Vocês estão repletos de trabalhos que não são da verdade, mas seus modos são cheios de alegria e júbilo. Tendo corrompido a água da vida, vocês a drenaram para dentro da vontade dos poderes aos quais vocês serviram. E o pensamento de vocês não é como o daqueles homens que vocês perseguem [...] desejo [...]. O fruto deles não definha. Mas eles serão conhecidos até nos aeons grandiosos, porque as palavras que eles mantiveram, do Deus dos Aeons Eternos, não estavam comprometidas com o livro, nem estavam escritas. Mas seres angelicais as trarão, as quais todas as gerações dos homens não conhecerão. Pois elas estarão numa montanha alta, sobre uma rocha de honestidade. Por isto elas serão chamadas "Palavras de Incorruptibilidade e Verdade," por aqueles que conhecem o Deus Eterno na sabedoria do conhecimento e do ensinamento dos anjos eternos, porque ele sabe todas as coisas."

Estas são as revelações que Adão levou ao conhecimento de Seth, o filho dele. E o filho dele ensinou a semente dele sobre elas. Esta é a sabedoria secreta de Adão, a qual ele deu a Seth, que é o batismo sagrado daqueles que conhecem a sabedoria eterna, e daqueles que nasceram através da Palavra e dos iluminadores incorruptíveis que vieram da semente sagrada: Yesseus Mazareus Yessedekeus, a Água Viva.


O Apocalipse de Adão.




1. Seth, o filho do Adão terrestre, recebeu este nome em função de Seth, o Salvador, dos Reinos Eternos.

2. Nesse tempo entre a queda de Adão e Eva e o dilúvio, os regentes haviam sido expulsos de seus céus pela Zoe (ver Origem do Mundo) e criaram seus impérios demoníacos na terra. Sabaoth e Zoe, por sua vez, enviaram os anjos para protegerem a humanidade e estabelecerem a ordem no mundo hostil. Os gregos se referem a essa época como a Era dos Titãs, e celebravam a vinda dos deuses Olímpicos que os derrotaram.

3. Em seus registros, o renomado sacerdote e historiador egípcio Manete (Maneton) nos dá a cronologia do reinado dos deuses e semideuses no Egito Antigo, que durou milhares de anos, antes do reinado dos humanos.

4. Referindo-se aos seres das autoridades que tentaram contaminar os abençoados.

5. Nos textos, Sabaoth é referido por pelo menos três outros nomes: Senhor das Forças, Adonaios, e o Todo Poderoso.

6. Repare que o destino da semente de Sem não aparece no texto. Isto se dá justamente porque, ao contrário de Cam e Jafé, seus descendentes permaneceram desde o princípio junto dos homens que vieram da grandiosa sabedoria eterna, filhos de Seth, e assim eles foram protegidos da influência dos regentes. Mais informações a respeito de Sem, o filho de Noé, podem ser encontradas em Paráfrase de Sem.

7. As três descidas do iluminador estão descritas no final do Apócrifo de João. Aqui o iluminador vem uma terceira vez, após o dilúvio, causado pelo regente chefe, e o fogo, causado pelo ciúmes de Sabaoth e as autoridades dele, ao que a semente que estava temporariamente sob sua tutela começou a ser transferida para o aeon de incorruptibilidade.

8. Isaías 1:9 - Se o Senhor das Forças não tivesse deixado sua semente, nosso destino teria sido igual ao de Sodoma e Gomorra.

9. João 14:30 - Não me resta muito tempo para falar com vocês, pois o regente deste mundo está chegando, e ele não tem poder algum sobre mim.

10. A história de José e Maria e o nascimento virginal é apenas uma das várias histórias contadas sobre a origem do Salvador.

11. Além das nove Musas conhecidas havia uma outra Musa que não aparecia entre as demais, Hipsifrone ('da mente elevada'). Relacionada à pureza, virgindade, pudor, decência, castidade e celibato, ela pode ser imaginada afastada das suas irmãs festivas, talvez em situação melancólica pela sua solidão e recato, ou magnífica e sublime no alto da montanha contemplando o infinito.



Revisado em 07/07/2015